Boa madrugada! São João do Piauí, 17 de abril de 2014
Anuncie aqui!

19/12/2012 - 18h48

Gil Carlos responde a três ações de cassação de mandato

 


A Coligação “Mais Ação e Credibilidade”, composta pelos partidos PPS, DEM, PSB e PSD, e que tinha como candidato a prefeito de São João do Piauí Alexandre Mendonça nas eleições deste ano, impetrou três Ações de Investigação Judicial Eleitoral, pedindo a cassação do diploma do prefeito eleito Gil Carlos Modesto Alves e de seu vice, José de Jesus Cavalcante.

Duas ações foram protocoladas na Justiça Eleitoral de São João do Piauí no último dia 06 de dezembro. A terceira foi protocolada mais recentemente, no dia 13 deste mês.

Nas ações, o prefeito eleito e seu vice são acusados de abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio (compra de voto) e gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. Os advogados de Alexandre Mendonça pedem a cassação do diploma de Gil Carlos e Jesus Cavalcante e a declaração de inelegibilidade de ambos.

O juiz eleitoral determinou a citação dos investigados, que têm o prazo de 5 (cinco) dias para apresentar suas defesas.

Segundo apurado pelo Portal Pé de Figueira, as principais acusações se fundamentam em uma lista de pagamento, com nomes de pessoas e valores, encontrada pela polícia na casa de um correligionário do prefeito eleito, bem como a perfuração de poços que, segundo a Coligação Mais Ação e Credibilidade, teriam sido feitos em troca de votos.  

Autor/Fonte: Da redação

| Mais


Clique aqui para destacar o player

  • FALE CONOSCO
  • Pé de Figueira
    Rua Sabino Paulo, 696 - Centro
    São João do Piauí
    Cep: 64760-000
    Tele/Fax: (89) 3483-1607
    Email: redacao@pedefigueira.com.br
Site by Masavio