São João do Piauí, 19 de setembro de 2017
545cbf8f9ad3ba6e43450ec2_banner_topo.jpg
545cd42a9ad3ba6e434510c8_barra_superior.jpg 545cd48047ecb9ba42ae3ebc_linha_superior.jpg

MANCHETES

De Simplicio Mendes

Defensor faz 107 atendimentos em comunidades no Piauí

O defensor público Álvaro Francisco Cavalcante Monteiro, titular da Defensoria Pública Regional de Simplício Mendes, realizou nos últimos dias 06 e 07 deste mês de julho, 107 atendimentos junto às comunidades Salinas e Peador, respectivamente nos municípios de Campinas do Piauí e Simplício Mendes.
 
 A participação do defensor público na atividade se deu através de convite da Coordenadoria de Políticas para Mulheres do Governo do Estado do Piauí que realizou atendimento com as Unidades Móveis, levando serviços de saúde e sociais às mulheres residentes nas referidas comunidades, através do programa de atenção às mulheres do campo e da floresta. Nas duas oportunidades o defensor público proferiu palestra sobre a Lei Maria da Penha.

Na comunidade Salinas, no dia 06 de junho, em Campinas do Piauí,  Álvaro Monteiro, com a colaboração do assessor Manoel Ferreira,  realizou 42 atendimentos entre os quais retificação de registros, revisão de alimentos e orientação jurídica sobre benefícios previdenciários. O defensor público proferiu a palestra sobre a Lei Maria da Penha, destacando os direitos das mulheres. 
Nessa Comunidade também foi realizada visita a Associação Quilombola.

Em Simplício Mendes, no dia 07, na comunidade Peador,  Álvaro Francisco Monteiro  realizou 65 atendimentos. Na oportunidade o Defensor voltou a esclarecer as mulheres sobre o combate à violência através da divulgação da Lei Maria da Penha. 

Álvaro Francisco Monteiro afirma que o principal objetivo, além de cumprir a pauta do projeto desenvolvido pela Coordenadoria de Políticas para Mulheres, foi divulgar as ações da Defensoria Regional de Simplício Mendes, mostrando para as mulheres presentes quais os tipos de atendimento a que podem ter acesso por meio da Defensoria Pública.

"Ao fazer abordagem pessoal aos presentes na palestra bem como naqueles que estavam aguardando o evento constatou-se que os moradores dessas comunidades ainda não tinham conhecimento da missão da Defensoria, principalmente quanto as suas atribuições e tipo de assistência. Em relação a pauta do projeto que visa levar informações referente a Lei Maria da Penha foi uma oportunidade para esclarecer as mulheres dessas comunidades sobre o sistema de proteção contra a violência a mulher", diz Álvaro Monteiro.

Fonte: Cidade Verde / 

Em 10/07/2017 - 07h12

CONTATO
546a3d684e26f780049e8303_logo-topo.png
Pé de Figueira
Rua Sabino Paulo, 696 – Centro
São João do Piauí
Cep: 64760-000
Tel/Fax: (89) 3483-1607
E-mail: redacao@pedefigueira.com.br
INSTAGRAM

use a tag #pedefigueira para sua foto aparecer aqui.