São João do Piauí, 18 de abril de 2014
Anuncie aqui!

26/12/2011 - 09h58

TRE: 40 prefeitos cassados, mas só 29 deixaram o cargo

 


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) teve um ritmo de trabalho intenso em 2011. O destaque foi para os processos de cassação de prefeitos eleitos em 2008 ou em eleições suplementares. Foram 40 prefeitos cassados pelo TRE, apesar de apenas 29 terem sido efetivamente afastados do cargo. Os demais permanecem no cargo por força de liminar, enquanto aguardam a confirmação por parte do Tribunal Superior Eleitoral.

Os dados foram obtidos pelo junto à Secretaria Judiciária do TRE, e trazem números divergentes dos divulgados anteriormente pelo próprio órgão, que havia divulgado que o número de cassações já ultrapassava os 50. Em 22 municípios já foram realizadas novas eleições após a confirmação da cassação dos prefeitos eleitos em 2008.

As estatísticas deixam o Piauí no topo da lista dos Estados com mais prefeitos cassados. Os afastamentos foram provocados por acusações de compra de votos, abuso de poder político e econômico, conduta vedada ao agente público, entre outras. Nos municípios de Luzilândia, Campo Maior e Bertolínia os prefeitos foram cassados acusados de serem prefeitos itinerantes. Apesar das decisões de cassação, apenas nos municípios de Luzilândia e Campo Maior houve novas eleições.

O TRE aguarda ainda as decisões do TSE para afastar outros 19 gestores. Entre eles, os prefeitos de Angical, Bertolínia, Santo Inácio do Piauí, Colônia do Gurgueia, Esperantina, Ribeira do Piauí, Coronel José Dias, Pau D'Arco, Barreiras, Landri Sales, Palmeira do Piauí, Nossa Senhora de Nazaré, Santa Cruz do Piauí, Elizeu Martins e Curimatá.

Em São Francisco de Assis Do Piauí houve um caso a parte. O prefeito eleito em 2008, Heitor Gomes Ferreira (PTB) foi cassado e o município passou por novas eleições. No entanto, o prefeito eleito, Laerson Lourival de Andrade Alencar (PMDB), também teve o mandato cassado, apesar de ainda manter-se no cargo enquanto aguarda o resultado do recurso impetrado junto ao

TSE.

TSE agendou cinco eleições suplementares para 2012

Para o próximo ano, a Justiça Eleitoral já agendou eleições suplementares em cinco municípios, três deles piauienses: Santo Inácio do Piauí, Eliseu Martins e Colônia do Gurguéia. Nesses municípios, o TSE já confirmou a decisão de cassação adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí e determinou o afastamento dos prefeitos eleitos em 2008.

Os pleitos suplementares acontecerão faltando menos de um ano para que os eleitores voltem às urnas para as eleições municipais de 2012. Enquanto aguardam o processo de escolha dos novos gestores, os municípios estão sob o comando dos presidentes das Câmaras Municipais.

Os primeiros a voltarem às urnas em 2012 para eleger os prefeitos serão os eleitores de Santo Inácio do Piauí. O pleito suplementar está agendado para o dia 9 de janeiro. Em Colônia do Gurgueia, o pleito está agendado para o dia 29 de janeiro.

Autor/Fonte: Piauí hoje

| Mais


Clique aqui para destacar o player

  • FALE CONOSCO
  • Pé de Figueira
    Rua Sabino Paulo, 696 - Centro
    São João do Piauí
    Cep: 64760-000
    Tele/Fax: (89) 3483-1607
    Email: redacao@pedefigueira.com.br
Site by Masavio